Raio X

Todo instrumento da família dos cordofones com braço, como o violão, a guitarra e o contrabaixo, derivam do arco de caça.

Para entendermos como funciona um de seus descendentes, é preciso entender como o próprio arco funcionava.

Mesmo que construído de maneira rústica, todos os eventos físicos e acústicos acontecem hoje de maneira idêntica à do passado.

No momento em que o caçador lançava a flecha, a corda se movimentava, fazendo com que todo o arco vibrasse e, sua própria vibração excitava novamente a corda que continuava vibrando e emanava novamente vibrações para o arco, inúmeras e repetidas vezes.

Pensando nisso, tudo o que compunha o arco refletia diretamente na maneira e no tempo de vibração do instrumento.

Para a corda:

  • o diâmetro,
  • o comprimento,
  • a tensão,
  • a condição de umidade,
  • a maneira com que foi amarrada ao arco;

Para o arco:

  • o tamanho,
  • a condição de umidade,
  • a flexibilidade;

Para o arqueiro:

  • a força aplicada,
  • o tipo de flecha, etc.

Caso voce tenha feito analogias com o mundo atual das guitarras, pensou certo. Não é sem motivo que fazemos e pensamos coisas hoje em dia. Tudo, ou quase tudo, ainda descende dos primórdios e, respeitando e aprendendo com essa herança, podemos tirar muitos proveitos, abreviando caminhos, facilitando aprendizados e simplificando pensamentos.

Sempre procuro desfazer os mitos criados pela ingenuidade do pouco conhecimento, gerada exatamente pelo afastamento das origens.

As coisas que amamos têm seus propósitos e seus “porques”. Nos precursores, aprendemos com simplicidade e verdade. O passado explica o que fazemos, o que pensamos e o que sentimos hoje.

A guitarra nasceu a aproximadamente 15.000 anos atrás e isso significa que existe muito mais história pra contar do que possamos imaginar.

Do meu ponto de vista, é isso que torna tudo tão mágico: desvendar 15.000 anos de uma vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s